Novo blog:

http://gloriasuperalcantara.blogspot.com/

Valeu!

Benção

Ontem, minha prima fez o votos perpetuos de freira, foi muito lindo.

Eu acordei cedo.

No caminho, havia umas lindas casas e praias, deveria ser lindo morar ali.

Naquela igreja, era linda (flores, passaros, etc) e um verdadeiro labirinto. Entra ali, sai por aqui...

A missa era longa, mas passou rápido, foi lindo!

Compramos uma cruz para lembrar, mas eu voltarei lá, sempre que puder.

Quando estavamos saindo, escutamos os gritos de felicidade do quarto das freiras:

"EEEEEEEE!"

"UHUUUUU" gritamos também. Elas foram na varanda para dar tchau.

Elas (incluindo minha prima) devem estar muito felizes. Isso me faz me sentir bem.Alegre

 

Odeio visitas!

Ontem, na crisma, estavamos programando ir para Zoo Pomerode, eu esperei quatro semanas por isso (até compramos um repelente, pois tem borrachudo lá). Depois do almoço fechamos a lanchonete e tomamos banho (com a intenção de assistir um filme juntos depois), apareceu meu pai:

"Temos visitas." falou.

"Quem?" perguntei.

"O Vilson."

Vilson se não me engano é um parente do pai, ou é a esposa dele? Sei lá. Eles não sao chatos, gostam do Fox (meu gato) e eles tem um filho (Mateus) que é bem legal. Nós estavamos olhando videos no Youtube quando o telefone tocou. Minha mãe atendeu:

"Alô, quero falar com Arnaldo." (Arnaldo é meu pai, gente).

"Quem é?" perguntou minha mãe desconfiada.

"É uma grande amiga dele." Logo ela descobriu que era a tia Sirley. Minha mãe passou para meu pai.

Depois de um bom tempo, quando as visitas foram:

"Glória, lá se foi a viagem pra Pomerode." disse minha mãe.

"O que? Por que?"

"A tia Sirley e a Nadir vem pra cá amanhã."

AH, NÃO, EU ESPEREI QUATRO SEMANAS, E LÁ VEM MINHAS TIAS ESTRAGAREM TUDO!

Tive que ligar para a catequista para concelar minha passagem. DROGA!

E não tem como cancelar com elas, pois elas vem de Videira. Agente falou mais de mil vezes:

"Quando visitar agente, avise duas semanas antes para providendiarmos a comida."

Ah mas não. Falamos grego de certo. E elas comem mais que uma baleia. Me lembro quando fui na casa dela, ela havia feito paquecas, mas quando eu fui para comer, ela escondeu.

Concerteza elas devem falar de nós. Então me diz:

Pra que elas querem vir aqui?

Para nos regeitar, regeitar nossa casa e nossa comida, nós não somos de alta classe e sim pé rapados. GR!

É sério, se elas virem aqui no dia de Natal... Eu vou chutarNervoso as bundas gordas delas até ficarem marcas eternas.

object width="457" height="368" id="player_325067" classid="clsid:D27CDB6E-AE6D-11cf-96B8-444553540000" >

Infância

Mesmo que eu já tenha 13 anos, ainda sou um pouco criança. Ontem mesmo, meu pai pegou no meu pé para desligar o computador, obedeci. Fiquei com um grande tédio. Então fui até o meu quarto, olhei na gaveta, havia um monte de revistas da atrevida que eu já tinha lido mais de mil vezes. Olhei em outra gaveta, tinha um monte de bonecas da barbie que fazia um grande tempo que eu não brincava, pois a uns anos atrás, umas meninas vieram brincar e tiraram todas as roupas e as trocaram. Arrumei todas. Mas quando chegou a hora de brincar, eu já estava sem graça.

Hoje, nós fomos na festa do Daniel (irmão do Rafael) e ele teria um infarto se eu não fosse. Ainda no carro, meu pai olhou para mim  e disse:

"Aproveite, pois é a última vez que sairemos domingo. Semana que vem, vamos trabalhar na lanchonete."

Fiquei desapontada com isso. Mas fazer o que? Chegamos a festa. Daniel faria 8 anos, ele é identico ao irmão, magro e sonolento. Eu vi que lá fora havia um pula pula, eu não gosto muito de pula pula, pois achava que pudesse cair enquanto eu estivesse pulando (é eu sei, sou uma neurotica). O Rafael, Daniel e uma menina pequena estava lá. Rafael olhou para mim:

"Vem. Vem com agente."

"Não, valeu. Não gosto."

"Ah, vamos." ele saiu do pula pula. "Se eu sair tu entra?"

"Não."

"Eu sou seu amigo, vamos." ele estendeu a mão. Achei que fosse só um aperto, por isso, apertei,  e quando apertei ele me puxou para dentro do pula pula (traidor). "Daniel, não deixa ela sair até pular bastante."

"Tá." disse bloqueando a saída.

Fiquei pressa ali. Tentava sair. Não conseguia. Até que começei a pular.

Depois, todos sairam do pula pula, exeto eu e Rafael. Ficamos ali. Descançando, sentados, com o sol forte batendo em nossos rostos. Ficamos conversando.

"Espera o Bruno gordo chegar." falou. "Ele vai afundar o pula pula."

Apareceu Daniel e outros garotos:

"Hum. Tão namorando. Tão se beijando." disse Daniel. "Vou contar pra mãe da Glória."

"Cale a boca!"

No final eles acabaram brigando. Mas brigaram mesmo, eu só dois palitos agarrados dando socos um no outro. Daniel chorou. E Rafael ficou emburrado.

Fomos para casa. Eu estava suada, cansada e queimada. Tomei um banho fresco. E fui fazer uma rotina de sempre. Enquanto minha mãe joga paciencia no computador eu escuto músicas do: Enigma, Enya, Era, etc.

"Mãe, quando puder, arranja um tempo para ler meu livro, tá?" falei. "Eu quero muito publica-lo."

"Eu vou ler quando puder. Prometo."

"Ok."

"Glória?"

"O que?"

"Que história é essa que você e o Rafael estavam namorando?"

Programção

Hoje, eu acordei mais cedo, cheguei bem antes do horário da crisma. Pois minha mãe iria visitar alguém enquanto eu ficava na crisma. Cheguei lá 07:00 e o horário da crisma é 09:00. Fiquei lendo ali. Quando apareceu a Gabi e outras meninas. A Gabi está planejando ir ao Beto Carrero na vespera do natal e me convidou. Acontece que na vespera de natal, nós vamos a missa, ceiamos, entragamos os presentes e comemoramos. E no dia de natal, vamos na vó para encontrar os parentes e receber mais presentes. Mas eu amo o Beto Carrero, mas eu vou no meu aniversário (12/06). Todas as minhas amigas já foram no Fire Whipe, no Big Tower, no elevador e no tchibum, eu vou confessar: nunca fui em nenhum desses brinquedos, mesmo que eu já tenha ido sete vezes, ainda não fui. Mas eu quero ir, eu aposto que vou ficar dizendo o ano inteiro que vou e quando eu estiver na frente da fila do brinquedo, eu vou amarelar. No elevador eu sou obrigada a ir.

Dia trinta a turminha da crisma e os coroinhas vamos para zoo pomerode. Minha mãe disse:

"A ultima vez que eu fui, tu nem era nascida, e foi um máximo, imagina agora?"

Espero que não tenha muito borrachudo lá, pois sou muito alergica, se eu for picada mais de quatro vezes pode me levar para o hospital. Acho que vamos nos divertir lá. Exeto o Rafael:

"Rafa, tu não vai para o zoo?" perguntei.

"Ah, eu vou perder o meu tempo com um monte de criançinhas."

Uma semana depois:

"Glória?"

"Sim, Rafaelento?"

"Sabe se o prazo de falar com a catequista sobre o passeio já acabou?"

Só ele mesmo. 

Risos

Hoje, nos na escola nos divertimos muito, na aula da professora, Sheron Menezes Hei Apaga Isso, em vez de fazer as contas dela, ficamos atoa. Eu fazia sinais para o Bruno Francisco e neles contando histórinhas dos alunos. Aqui estão alguns: um palito andando: Rafael, óculos: Julison, outro óculos só que quadrado e com a lingua para fora: Wesley, cabelo espertado: Bruno Ilhéo etc.

Depois eu contei uma piada para eles:

A piada se chama: a mulher que lê. Um casal, resolveu viajar para uma lagoa; o homem gostava de pescar e a mulher gostava de ler. Um dia o homem resolveu tirar uma soneca, ficou em casa e dormiu. A mulher resolveu ler no barco. Enquanto a ela lia, o barco andava. Chegou um tenente:

"Bom dia, senhora." falou "A senhora está em uma area que não se deve pescar."

"Mas não estou pescando, estou lendo."

"A senhora está com todo o equipamento aí, pode começar a qualquer momento. Se a senhora não sair, vou ter que multa-la."

"Faça isso, e eu te denuncio por acedio sexual."

"Mas eu nem toquei na senhora."

"Está com todo o equipamento aí, pode começar a qualquer momento."

"Tenha um bom dia, senhora. Fui!"

KKKKKKK. O Bruno F contou uma piada super sem graça, mas o Pablo fez ficar engraçada:

"Um bicha..." o Pablo apontou para o Bruno F. "Para! Ele foi andando e sem querer pisou em uma formiga. Ele ficou com dó e ajuntou ela: 'Ah, meu Deus! Eu te levo para o hospital publico. Tu fica duas horas esperando e se recupera em 6 mezes' aí a formiga disse: ' Hospital publico, não.'

"O que foi que ela disse?" perguntou Pablo.

"HOSPITAL PUBLICO NÃO!" gritou Bruno F. "Eu te levo para a clinicas particular e..." "Clinica particular não."

"O que ela disse?" perguntou Pablo.

"CLINICA PARTICULAR NÃO!" gritou. " Ele disse: Ah que formiga chata!" esmagando a formiga.

Sem graça! Depois pulamos corda. Fa fe fi fo fúria. Alguns meninos enrolaram o Bruno F com as cordas. E o Bruno I disse:

"Ah ele vai rolando facil facil. É gordo!" Bruno F pegou a corda e começou a chicotea-lo. E depois o Bruno I disse: "Segunda feira, quando jogarmos futebol, o Bruno F será a bola..."Rindo a toa 

Amor

Hoje, eu o Bruno Francisco e o Bruno Ilhéo, fizemos cartinhas para a professora Betânea (minha professora e também irmã), para mostrar que o segundo ano um não o unico que ama ela. Eu havia feito um cartão bem bonito com um envelope que fiz com as proprias mãos, e por azar, deixei em casa, tive que fazer um de papel de caderno reciclavel. Tinha uns alunos na minha sala que queriam muito pegar minha irmã como regente (já que a professora Maristany desistiu de nós), mas o segundo ano um vai pegar primeiro, pois eles são da manhã. Eles a amam demais. Nossa!

No trabalho de artes, eu, o Bruno Francisco, Bruno Ilhéo e Rafael, fizemos um video de dança da música The time; não foi grande coisa (com meu pai passando atrás, a Bruno I deixando o Rafael dançar sozinho, o Bruno F ficar igual uma estatua, eu rebolar feito uma doida, Bruno I parecendo uma galinha etc), mas foi legal, divertido, e a professora Amanda nos fez o favor de mostrar o video para escola inteira. E adivinha: O Bruno F disse para mim que lá na rua dele pediramum autografo dele, não estou brincando. Sério mesmo. Agora passo a ser chamada de Fergie.

Quando entregamos as cartas para a professora Betânea, eu e o Bruno I, ganhamos um beijo dela, e o Bruno F saiu antes disso. Eu falei:

"Bruno, tu foi o unico que não ganhou beijo."

"O QUE?"

Lá foi ele correndo devolta para a mesa da professora Betânea para ganhar seu beijo. (Minha irmã é muito bonita, queria se igual a ela). E eles estão querendo fazer um cartaz para ela de aniversário (09/11), já até compraram a cartolina. O Bruno I disse:

"Glória, tens uma foto dela?"

"Por que?"

"Para colar no cartaz."

"Tenho, e é bem bonita"

"Ah, ela tá bonits em todas as fotos que existem..."

Amigos encrencados

Hoje, um monte de alunos foram levados para a secretária pela dona Lioni, pois não entregaram os trabalhos de ciências no tempo exato. Ainda bem que não tenho confusão com a professora Maristany. O Rafael foi um dos alunos que ganhou uma advertencia. Ele tem sorte. A maioria das pessoas só tem dois pés, mas ele vai ganhar um extra bem no seu traseiro. Hahahaha.

Em homenagem aos professoras a Betânea (minha irmã e também professora) ganhou duas cartas enormes que iam até o chão, e dois buques de rosas do segundo ano um.

Nem te conto... O professor falou:

"Trabalho."

"Em dupla ou individual?"

"Dupla."

Oh, não!

"Glória!" falaram duas vozes.

Eu não sabia para onde olhar.

"Glória, faz o trabalho comigo."

Acabei ficando um pouco indeçisa. Tem um garoto que quando eu não faço trabalho com ele. Ele faz sozinho. Estranho! Ele deve gostar da minha caneta.

Eu combinei de ir ao cinema com uns amigos, a maioria se convidou sozinho. Eu falei com  o menino da qual aquela menina (que menciono na mensagem: "Agora o bicho vai pegar!") gosta. Ha. 

"*****, vai no cinema dia seis?"

"Vou ver se vou."

E depois o Rafael disse:

"Cinema? To dentro!"

E depois o Bruno Francisco:

"E por que eu não fui convidado? Eu também vou"

E a Julia Freitas:

"Legal eu também vou. A gente se encontra lá."

Agora só falta convencer minha mãe de me deixar ir SOZINHA. Brincadeira, né? Para ganhar presente de dia das crianças eu não sou criança mas para sair... 

 

Trabalho de inglês

Olá, pessoal.

Eu tenho um trabalho de inglês para apresentar HOJE, estou "um pouco" nervosa. Eu sei cantar, o problema é que minha voz é horrivel. Ainda mais quando eu tento imitar a Sadra Cretu. Espero me dar bem, não quero reprovar pela primeira vez, ainda mais em inglês. É tranquilo, o trabalho. Mesmo não me deixando dormir duas noites.

Aqui estão alguns detalhes sobre o trabalho.

Se for o professor Yuri, um abraçoMuito feliz. E me dá dez, por favor!

Sobre o Enigma

Enigma é um projeto musical elaborado por Michael Cretu, sua esposa Sandra Cretu, David Fairstein e Frak Peterson em 1990.  Michael é o compositor e o produtor. Sandra fornece frequentemente o vocal em trilhas do Enigma.

Sobre a música

Gravity of love" é uma música de 1999 criada pelo grupo Enigma. Foi uma das primeiras músicas lançadas do albúm: The Screen Behind the Mirror.

A batida na canção foi usada também na canção "Return to Innocence".

Quem compôs essa música foi Michael Cretu; e quem canto foi Sandra Cretu (sua esposa).

[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]



Meu Perfil
BRASIL, Sul, NAVEGANTES, Mulher, de 12 a 15 anos, Portuguese, Livros, Animais, Música